Cupom de Desconto

NEGÓCIOS ASSERTIVOS

O mundo dos negócios hoje passa por um profundo processo de reestruturação, onde o perfil dos profissionais deixa de ser apenas a sua capacitação técnica, sendo acrescido do desenvolvimento e da avaliação de suas atitudes humanas. Técnicas e ferramentas como: empowerment, terceirização de atividades, downsizing, achataram as estruturas empresariais e as pessoas ganharam mais autonomia para o trabalho.

Do outro lado, estão os profissionais que vivenciam este momento e precisam se adaptar e desenvolver suas competências emocionais, para liderar, dirigir uma reunião ou realizar uma negociação, com o objetivo de atingir os interesses da empresa para a qual trabalha.

Neste contexto a assertividade entra como uma ferramenta para auxiliar a adaptação neste processo. Pode ser definida como ferramenta porque existem pessoas que já possuem esta característica desenvolvida, mas existem cursos que ajudam a aprender como ser assertivo.

Afinal, o que é Assertividade? No dicionário Aurélio está definido como afirmação, asseveração, alegação, argumento. De acordo com a pedagoga Vera Lúcia Franco Martins da Assertiva Consultores, “signfica afirmativa ou asserção naquilo que se acredita verdadeiro.” Existe ainda uma definção de Max Gehringer que diz que o assertivo não enrola, não inventa, não distorce e não diz uma vírgula além do necessário. Assertividade é a capacidade de falar idéias, expressar opiniões, de uma forma simples, direta, empática e respeitando as outras pessoas. É neste momento que se dá o encontro com as características pessoais que impulsionam o fato de uma pessoa ser assertiva ou não.

A assertividade ganha contornos complexos, pois o comportamento assertivo exige várias outras habilidades. Para ser assertivo é preciso ser flexível, empático, bom ouvinte, transparente, objetivo, de bem com a vida, ou seja, ter uma boa auto-estima é fundamental para ser assertivo. Analisando desta forma fica fácil entender o porquê do desenvolvimento da assertividade nos dias de hoje.

Com a globalização, as constantes mudanças de cenários, a eterna busca pela vantagem competitiva, as escolhas precisam ser tomadas com base no equilíbrio de interesses, o famoso ganha-ganha. Para atender as demandas de um mercado competitivo e ágil, um profissional deve ter as características do comportamento assertivo. O comportamento assertivo constrói uma comunicação interna saudável dentro de uma empresa. Saudável porque as pessoas passam a encarar os problemas do cotidiano com naturalidade e os resolvem de forma efetiva. As informações fluem com transparência e na quantidade e na qualidade necessárias.

A assertividade está diretamente ligada ao seu conhecimento pessoal. Se você não tem o costume de se perguntar o que quer, por que quer, por que isso é realmente importante, você não terá certeza se deve ser firme e assertivo sobre determinado assunto. A auto-estima é o alicerce do desenvolvimento da assertividade e é uma área a qual todos precisam cuidar muito. Poucos de nós experimentam uma elevada proporção de experiências positivas na infância e, como resultado, há poucas pessoas com auto-estima elevada. Muitas têm auto-estima média.

Estima-se que entre 85% e 90% das pessoas precisam de algum tipo de aconselhamento ou psicoterapia para corrigir comportamentos destrutivos internos e externos. Existem 04 tipos básicos de comportamento assertivo: o agressivo, diretamente caracterizado pela vontade de dominar e impor suas vontades e desejos sobre a outra parte. Uma pessoa com este tipo de comportamento vira uma espécie de rolo compressor e passa por cima dos outros com o objetivo de atender aos seus objetivos. Existe ainda o comportamento passivo, cujo o seu lema é não incomodar os outros, mesmo que seja às custas dos seus próprios interesses. É uma pessoa que tem muita dificuldade de dizer não e impor as suas opiniões. O passivo-agressivo é um mix dos dois anteriores, ele quer resolver a questão sem confronto. Existe também o comportamento assertivo, que desenvolve relacionamentos e procura negociar nos momentos de conflito, buscando entender o problema e buscar soluções para as partes.

A assertividade é uma escolha individual de cada um, porém ser assertivo não implica em não haver conflitos, porém, se duas pessoas em desacordo se expressarem e agirem de forma assertiva, o conflito será resolvido de forma mais fácil. É importante ser flexível, ouvir o outro e estabelecer limites para que o outro não invada o seu espaço. A escolha é a palavra chave da assertividade. Ser assertivo é sempre, em qualquer situação, escolher o que é melhor fazer, o momento adequado e o local certo - com cada pessoa do seu convívio, respeitando a si e ao outro. Lembre-se, aquilo que não agregar valor a você e nem ao outro é melhor não dizer e não fazer.

Fonte: www.administradores.com.br

1 comentários:

Mariana disse...

Os profissionais sempre tem que guardar os seus problemas pessoaias para poder se desenvolver bem no seu trabalho.
Qualquer consultor pessoal tem ferramentas para ajudar.

Grab this Widget ~ Blogger Accessories